quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Alergias a roupas íntimas?

Meninas, como eu sou uma pessoa mega, super, blaster alérgica, resolvi fazer este post pra vocês, pois pode ser muito importante para algumas pessoas como eu. Saber se você tem ou não alergia a roupas íntimas não é tão simples, mas também não tão complicado. O ideal é procurar um alergista e fazer um exame que detecta tudo o que você é alérgica (ironicamente ou não, eu sou alérgica, também, a lingerie!!!!!).
Claro que os primeiros sintomas são coceiras e vermelhidão constante, dai, corra pro médico!!!

Masssssssssss, como não sou médica, rs...rs... resolvi pegar uma entrevista num ótimo site pra sanar as dúvidas de vocês, girls:

Site Mantecorp diz:


Alergia a roupas íntimas

Bibliomed

Introdução
Pessoas que sofrem com alergias comumente queixam-se de coceira e desconforto nas áreas íntimas relacionados ao tipo de calcinha, cueca ou sutiã com que têm contato. A alergia a roupas íntimas é relativamente comum, e pode trazer muito desconforto e constrangimento caso não possa ser controlada.
O que é uma alergia?
Alergia é uma reação exagerada do organismo a um estímulo que deveria ser neutro, mas que é interpretado como sendo muito perigoso, desencadeando uma ativação do sistema de defesa (imunológico) incompatível com a ameaça recebida.
Como roupas íntimas podem causar alergias?
Existem muitos tipos de alergias. Um deles envolve o contato da pele com substâncias à qual a pessoa se mostra sensibilizada (alérgica). Essas substâncias podem ser metais de bijuterias, látex de sandálias, e mesmo o material com que é confeccionada uma roupa íntima, seja ela feminina ou masculina.
Como funciona a alergia a roupas íntimas?
Formalmente, a alergia às roupas íntimas é uma alergia de contato. Substâncias presentes na roupa íntima e que são capazes de causar alergias (alérgenos) entram em contato com a pele e atravessam suas camadas superficiais, quando então alcançam as células do sistema imunológico que iniciam uma cascata de reações que culminam com o processo alérgico.
Quais são os sintomas da alergia às roupas íntimas?
Os principais sintomas de alergia às roupas íntimas são a coceira (prurido) e a vermelhidão, que podem vir acompanhadas de edema em forma de placas (esse conjunto de sintomas é comumente chamado de urticária).
Onde esses sintomas aparecem?
Ao contrario do que muita gente pensa, os sintomas não precisam estar necessariamente relacionados aos genitais: é possível manifestar os sintomas de alergia à distância, longe do local onde as roupas íntimas entram em contato com a pele.
O que fazer em caso de alergia às roupas íntimas?
Nesses casos, como em toda alergia de contato, é importante afastar-se do estímulo que causa a alergia. Normalmente, alguma substância presente em certos tecidos é que causam a alergia, e basta então escolher peças feitas de algodão puro, sem tecidos sintéticos.
Por que algodão e não outros tecidos?
A prática mostra que fios sintéticos causam mais alergias que fios de algodão, e a maioria das pessoas com alergia às fibras sintéticas se adaptam bem ao uso do algodão. Mas atenção: peças de algodão, mas que contenham um pouco de fios sintéticos, mesmo que nas costuras, podem causar alergias. Até mesmo o elástico das pecas de algodão pode causar alergia em algumas pessoas.
E se isso não resolver?
Nesse caso pode ser necessário abandonar mesmo o uso de peças de algodão, ou usar outra estratégia para controlar a alergia, o que pode envolver o uso de medicamentos.
LEMBRE-SE: apenas um médico está autorizado a diagnosticar e tratar qualquer pessoa com os sintomas acima. Em caso de dúvida, consulte seu médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lingerie Fabiana Cavassan agradece seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget