terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Modelos da Bárbara (Ms. Morghann Corsets)

Oi meninas, tudo bem? Bom, como disse ontem, vamos para o segundo post sobre as peças da nossa profissional em corsets Bárbara (Ms. Morghann). Tirando mais uma dúvida nossa, ela responde:

Qual a diferença entre corset, corselet e corpete?
"O corset, ou espartilho, é uma peça estruturada em aço inoxidável (busk, barbatanas espiraladas, barbatanas flat e ilhoses), composta por diversas camadas de tecidos grossos divididos em vários painéis e reforçado em áreas estratégicas. Sua modelagem é feita para diminuir até 10 cm da cintura. O intuito da peça é modelar a silhueta, realçar os atributos femininos e ainda diminuir a cintura progressivamente através da prática do Tight Lacing (Laço Apertado, em uma tradução literal). Tight Lacing é o nome dado a prática do uso do corset diariamente e por longos períodos, até atingir a redução desejada da cintura. Desde a idade média é observado que a pressão constante do corset sobre a cintura e costelas inferiores, de 16 a 24 horas por dia, acaba por curvar gradualmente as costelas flutuantes, fazendo que com o tempo as mudanças se tornem definitivas. O Tight Lacing é uma prática que exige disciplina e força de vontade. No entanto, são recomendados certos cuidados, como visitas periódicas ao médico e exercícios abdominais. É necessário também escolher o modelo adequado de corset. Para que não haja incomodo, o corset não pode ser muito alto no tórax, desta forma, ao sentar, não causará incomodo sob o busto. Recomenda-se também não ser muito curto nos flancos, pois há o risco da gordura abdominal depositar na parte livre da pressão criando uma indesejável barriguinha. Um modelo recomendado para a prática do Tigh Lacing é o Underbust. Quanto ao tecido, se deve evitar materiais sintéticos que não deixam a pele respirar, os tecidos compostos de algodão são uma boa opção.O primeiro objetivo de um tight-lacer (nome dado a quem pratica Tight Lacing) é fechar o corset confeccionado com a medida da cintura 10 cm menor que a medida original. Deve-se utilizá-lo até sentir uma sensação de conforto, quando este começar a parecer frouxo, mesmo apertado ao máximo, está na hora de trocá-lo por um no qual a medida da cintura seja, novamente, 10 cm menor que a medida do anterior, repetindo esse processo alcança-se a cintura dos sonhos!
A prática do Tight Lacing não é recomendada para diabéticos, pessoas com insuficiência respiratória e com problemas na coluna. De qualquer forma, recomenda-se a todos que desejam iniciar tal prática consultar um médico antes de iniciar o treinamento.Um episódio muito comum é a confusão entre corset, corselet e corpete. O corselet é uma imitação do corset, sua estrutura é normalmente composta por barbatanas de plástico, possui apenas uma camada de tecido e não há nenhum tipo de reforço na cintura. A modelagem e a confecção da peça não é realizada sob medida, resultando em uma veste que não modela a cintura e que se assemelha muito a uma blusa bem justa. O corpete por sua vez, é bem semelhante ao corselet, no entanto, sua estrutura é normalmente mais frágil.
O corselet e o corpete não servem para a prática do Tight Lacing". 
Vamos mostrar a vocês agora algumas fotos dos modelos da Bárbara, é um mais lindo que o outro!!
E já sabem né?! Querendo entrar em contato com ela é só clicar no link do lado direito do site!!

Bárbara





 Uma de suas clientes


Gostaram?!

Bjus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lingerie Fabiana Cavassan agradece seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget